Uma vez, eu amei alguém com muita força e esqueci de dizer a ela. Eu tinha 15, e ela, 23 anos.

Um acidente de carro tirou a vida daquela que era, sem paixão, a mulher que eu mais amava e eu jamais me perdoei por ela não saber do meu amor. Então jurei que sempre diria a quem amo que a amo.

Sou fiel à jura.

(1988)

Anúncios