Programa do Raul Gil. Anunciam, como está na moda, no meio do programa, um troço que faz exercícios abdominais com choques, sem esforço, e que tonifica a barriga. Preço módico. Brinde: um livro com a dietas mais famosas do mundo. Um sujeito abre, lê uma delas e diz: “Muito bacana”.
Que mal há, que dano pode trazer? Para o corpo, pouco. Mas para a mente, muito. Quando a régua que mede se uma dieta deve ser seguida ou não é sua fama, há algo errado. O campo da comunicação assume uma tarefa que cabe ao campo médico. Então, substitui o discurso médico por tolices. Veja bem, não se tratam das dietas mais saudáveis ou eficazes, mas das mais famosas.
Quando um leigo atesta positivamente, achando bacana uma dieta dos signos, a coisa piora. Se a comunicação invadir todos os outros campos, nossa sociedade vai virar pó. Adorno reviraria. É o império da ignorâncioa midiática.

Anúncios