Um dia,
te encontro num beco escuro
e te pego,
te levo,
te engulo.

Pelos teus neurônios,
elétricos,
teu corpo navego.
E perdes o rumo.

(1993)

Anúncios